Fonte: Bruno Botelho dos Santos – Adoro Cinema

Druk – Mais uma Rodada foi o vencedor do Oscar 2021 na categoria de Melhor Filme Estrangeiro e já era o favorito para vencer a competição depois de levar diversos prêmios na temporada. A produção dinamarquesa retoma a parceira entre o diretor Thomas Vinterberg e o ator Mads Mikkelsen – vista no filme A Caça, de 2013 – e apresenta quatro homens infelizes com suas vidas, mergulhando em um drama sobre os reflexos da pressão da sociedade.

Disputando o prêmio de Melhor Filme Estrangeiro contra Better Days, Collective, O Homem que Vendeu sua Pele e Quo Vadis, Aida?, Druk – Mais uma Rodada se tornou o favorito ao reavaliar o familiar e redescobrir o que é alegria de viver, em uma abordagem que daria orgulho ao autor Charles Bukowski.

Qual é a história de Drunk – Mais uma Rodada?

Druk é a história de quatro professores com problemas em suas vidas, testando a teoria de que ao manter um nível constante de álcool em suas correntes sanguíneas, suas vidas irão melhorar. De início, os resultados são animadores, porém, no decorrer da experiência, eles percebem que nem tudo é tão simples assim.

Esse grupo de professores do ensino médio cansados de suas vidas descobrem o trabalho do psiquiatra norueguês Finn Skårderud, que teorizou que os humanos nascem com um teor de álcool no sangue 0,05% baixo. Naturalmente, eles o testaram, escondendo frascos nos armários dos zeladores e tomando goles de Smirnoff com o café da manhã. Com um conceito provocativo e toques descontraídos de humor, o filme vai fundo sobre o descontentamento da meia-idade.

Em entrevista à Vogue, Vinterberg explicou sua ideia de sacudir as pessoas para fora do status quo social: “Espero que este filme esteja em contato com uma conversa mais profunda do que apenas quanto ou como beber”, disse.

“É uma batalha contra ser medido, ser valorizado, ser classificado, ser avaliado e ter uma vida muito controlada. A vida humana tem se tornado muito para obter resultados e ser medido da maneira certa: há notas na escola ou o número de cliques que você obterá ou não em seu artigo. Mas também há as avaliações que você recebe de seus amigos e colegas nas redes sociais muitas vezes ao dia”, revelou o diretor.

Assista ao Trailer!

Publicações recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

84  +    =  89